Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

    Exclusivo: Mauricio de Sousa quase produziu HQs sobre os Beatles

    “Queria propor de fazer personagens baseados neles, HQs. Para chegarem a outro tipo de comunicação”

    Placeholder - loading - Mauricio de Sousa. - Divulgação
    Mauricio de Sousa. - Divulgação

    Publicada em  

    Maurício de Sousa é um dos maiores nomes do quadrinho brasileiro. Sua carreira com a Turma da Mônica divertiu e ensinou muitas gerações ao redor de quase todo o mundo. Mas você sabia que ele também quase produziu uma história em quadrinhos sobre os Beatles?

    Mauricio de Sousa
    Toque para aumentar

    Em entrevista exclusiva para a Antena 1, Mauricio de Sousa contou essa história.

    “Como milhões de pessoas eu estava acompanhando a década dos Beatles. Em 1970, quando começou a onda da separação, eu fiquei muito incomodado. Eu adorava e ainda adoro a música dos Beatles. Como eu tinha um escritório de representação em Nova York e pedi para minha sobrinha, que é também uma beatlemaníaca, para entrar em contato lá em Londres com o pessoal dos Beatles, porque eu queria propor de fazer personagens baseados neles, histórias em quadrinhos. Para que eles pudessem chegar a um outro tipo de comunicação que poderia ajudar na decisão deles de se separarem, porque eles iam pegar crianças. Então, nós estudamos, eu estudei e criamos os Beatles com nosso estilo”.

    Maurico de Sousa desenho dos Beatles
    Toque para aumentar

    “Fazíamos estudos para chegar para a criançada e para os fãs também”

    Maurício de Sousa desenho dos Beatles 2
    Toque para aumentar

    “E fizemos as histórias em quadrinhos”

    Maurício de Sousa rascunho Beatles
    Toque para aumentar
    (imagem mostrada exclusivamente durante a entrevista, por isso sua qualidade não é a que costumamos utilizar em nosso site. Todavia, optamos por disponibilizar aos nossos leitores essa imagem por sua exclusividade)

    “A gente era beatlemaníaco, eu também. Preparamos esse material [mostrado nas imagens que ilustram essa reportagem] para mandar para Londres, minha sobrinha mandou para lá. A proposta era de fazer um acordo de autorização primeiro e depois continuar produzindo e espalhar pelo mundo essa história em quadrinhos. Ficamos esperando algumas semanas a resposta dos Beatles, até que veio a resposta. Todos, menos um, apoiaram. Todos, menos um... que eu nunca soube quem foi, eu não sei que evitou que nós lançássemos os Beatles em comics. Há uma desconfiança da minha sobrinha, de que tenha o dedo da esposa de um deles para essa negativa, mas eu nunca vou saber disso”.

    Dessa forma, o mundo perdeu a chance de ver uma história em quadrinhos de uma das maiores bandas do mundo feita por um dos melhores quadrinistas do mundo. Na época de sua separação as esposas dos Beatles eram: Linda MacCartney, esposa de Paul, Yoko Ono, esposa de John, Pattie Boyde, estava com George Harrison e Ringo Starr era casado com Maureen Cox. Caso a sobrinha de Mauricio de Sousa estiver certa, uma delas foi a responsável por impedir essa possível marco na cultura. Mas, é bem provável que os Beatles pensassem por si próprios e tomassem as próprias decisões.

    "Beatles 4 Kids" atualmente

    Infelizmente a ideia de produzir uma HQ original dos Beatles já não passa mais pela cabeça de Mauricio de Sousa, que anda se ocupando com outros projetos. Os direitos das músicas do quarteto de Liverpool foram vendidos e estão espalhados entre vários donos.

    “Daria muito trabalho, porque os Beatles não estão aí, já venderam os direitos, se não me engano teria que falar com gente do Michael Jackson que entrou na história depois. Então é uma complicação grande para um objetivo que não tenho certeza que dê certo agora. Prefiro deixar os Beatles, que amei e amo até agora, em um painel grande e bonito da lembrança.

    Mesmo assim Mauricio não deixou de desenhar os Beatles. Como não pode fazer uma hq exclusiva para os músicos trouxe eles para sua e fez com que os músicos visitassem a Turma da Mônica. Na revistinha Chico Bento Nº95 Paul MacCartney visita o sítio de Chico Bento e fala de suas práticas vegetarianas e até abraça a Onça Pintada, ao final da história outros membros aparecem e Lennon, que já havia falecido, aparece entre as nuvens no céu.

    Mauricio de Sousa: revista chico bento e Beatles
    Toque para aumentar

    “A gente dava umas cutucadas, ali eram apenas algumas passagens. Nós não estávamos vendendo, comercializando, não tínhamos negócios com os Beatles. Você pode pensar como uma homenagem, porque eu não estava ganhando dinheiro com o personagem. A revista era do Chico Bento, o personagem era o Chico Bento e o Beatle estava de passagem.”, explica Mauricio, sempre pronto para mais um cutucada nos maiores músicos do mundo.


    Mauricio de Sousa e a música

    O pai da turma da Mônica tem uma relação bem próxima com a música. Ao integrar a juventude de Mogi das Cruzes, Mauricio de Sousa chegou a integrar uma banda que quase deslanchou fazendo shows em navios. Mas pelo bem da Turma da Mônica, a carreira do músico do cartunista não foi para frente.

    Confira a história que ele contou com exclusividade para a Antena 1

    “Eu e mais 3 amigos combinamos de fazer uma banda e viajar por aí, mas com que roupa, com que recurso. Daí combinamos de nos alistarmos em um navio transatlântico e a gente trabalharia para pagar a viagem. Trabalharíamos cantando, tocando, seriamos a banda. Um tocava piano, o outro violão e eu cantava, porque quando criança eu cantava na rádio. Então a matéria prima estava ali. Mas não foi adiante, porque a gente tinha muitas raízes na nossa cidade, Mogi das Cruzes, e porque não estávamos conseguindo nos inscrevermos com facilidade nos navios. Mas já estávamos estudando os que chegariam, quando, como, para falar com quem. Porém desistimos, porque tínhamos outras coisas acontecendo na cidade e essa banda também não foi para diante”.

    Talvez o Brasil tenha perdido um grande cantor, mas ganhou um quadrinista maior ainda.


    Os Beatles e as HQs

    Paul, John, George e Ringo perderam a chance de terem uma revistinha com aventuras de sua turma, mas as histórias em quadrinhos não são ambientes estranhos ao quarteto de Liverpool.

    Além de homenagens e cutucadas, a banda já apareceu em algumas graphic novels que foram um sucesso.

    Baby’s in black - O Quinto Beatle

    Capa da HQ Baby's In Black
    Toque para aumentar

    “Baby’s in Black” conta a pouco conhecida história de Stuart Sutcliffe, o quinto integrante do Beatles, quando a banda se apresentava em Hambrugo. A hq leva ao leitor o drama vivido pelo músico junto a fotógrafa alemã Astrid Kirchherr que influenciou todo o visual da maior banda do sec. XX


    Paul Está Morto – Quando Os Beatles Perderam Mccartney

    Capa da HQ Paul Está Morto
    Toque para aumentar

    “Paul Está Morto” explora a teoria da conspiração de que Paul MacCartney teria morrido nos anos 60 e que foi substituído por um sósia para que os Beatles não acabassem. O quadrinho conta a reação da banda ao ouvir sobre o acidente e toda a busca por saber se Paul está ou não bem.


    The Beatles. Yellow Submarine:

    Capa da HQ Yellow Submarine
    Toque para aumentar

    Para comemorar seu aniversário de 50 anos, “Yellow Submarine” ganhou uma versão em quadrinhos que conta a história do filme que é um marco na música e na estética psicodélica.


    O Quinto Beatle: A História de Brian Epstein

    Capa da HQ O Quinto Beatle
    Toque para aumentar

    Brian Epstein foi o empresário dos Beatles. Um homem recluso que levou os meninos ao estrelato, tirou as jaquetas e colocou gravatas e os fez artistas e grandes músicos. Epstein teve uma vida reclusa recheada de mistérios e rumores e uma morte precoce. Tudo isso explorado na HQ.

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. exclusivo mauricio de sousa …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.