alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE rouhani

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Líder supremo do Irã pede que Rouhani e ministros resolvam problemas econômicos

    Líder supremo do Irã pede que Rouhani e ministros resolvam problemas econômicos

    LONDRES (Reuters) - Parlamentares iranianos iniciaram nesta quarta-feira procedimentos para derrubar o ministro da Educação, aumentando a pressão contra o presidente Hassan Rouhani, que está sob ataque do Parlamento pela maneira como tem lidado com uma crise econômica depois que os Estados Unidos retomaram sanções contra o país.

    O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, durante reunião com Rouhani e seu gabinete nesta quarta-feira, pediu que o governo trabalhe 'dia e noite' para resolver os problemas econômicos.

    'Precisamos ser fortes no campo econômico... As autoridades devem trabalhar duro dia e noite para resolver os problemas', disse Khamenei, segundo a TV estatal.

    O procedimento contra o ministro da Educação acontece apenas três dias depois que parlamentares removeram o ministro da Economia e Finanças, o responsabilizando pelo colapso da moeda iraniana, o rial, e pelo aumento nas taxas de desemprego.

    Semanas antes, o Parlamento havia derrubado o ministro do Trabalho.

    Outra moção, assinada por 70 4parlamentares, visa derrubar o ministro da Indústria, Minas e Negócios.

    Rouhani venceu duas eleições com uma plataforma de reforma econômica e com o objetivo de abrir o Irã para o mundo, e seus partidários pragmáticos têm maioria no Parlamento.

    Mas sua reputação e influência política têm caído fortemente à medida que suas promessas de ganhos econômicos não têm se materializado.

    Especificamente, Rouhani enfrenta grande repreensão desde que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retirou Washington de um acordo internacional que havia reduzido as ambições nucleares do Irã em troca da suspensão de sanções.

    (Reportagem de Bozorgmehr Sharafedin)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Parlamento do Irã culpa Rouhani por problemas econômicos

    Parlamento do Irã culpa Rouhani por problemas econômicos

    Por Bozorgmehr Sharafedin

    LONDRES (Reuters) - O Parlamento iraniano rejeitou nesta terça-feira as explicações do presidente Hassan Rouhani para as dificuldades econômicas enfrentadas pelo país depois de uma tensa sabatina transmitida ao vivo pela televisão, em um sinal de que sua facção pragmática está perdendo força diante de novos adversários linha-dura.

    A votação no Parlamento ocorreu dois dias depois de os parlamentares terem demitido o ministro da Economia e das Finanças, e semanas depois de terem demitido o ministro do Trabalho, culpando-os pelo colapso da moeda iraniana, o rial, e pela inflação crescente.

    Defendendo a atuação de seu gabinete, Rouhani disse que os problemas econômicos só começaram quando os Estados Unidos reativaram sanções contra Teerã, mas muitos parlamentares não ficaram satisfeitos com a explicação.

    Os parlamentares têm poder para pedir o impeachment do presidente e votar sobre sua falta de competência, mas tal moção não está no Parlamento a esta altura.

    Rouhani, um pragmático que reduziu a tensão com o Ocidente firmando um acordo nuclear com potências mundiais em 2015, agora enfrenta a reação da linha-dura iraniana desde que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retirou seu país do pacto em maio.

    Rouhani disse que os protestos antigoverno do início de janeiro estimularam Trump a romper com o acordo nuclear na esperança de que as dificuldades econômicas provocassem mais tumultos no Irã.

    As manifestações, que começaram por causa destas dificuldades e dos preços altos e incluíram brados contra o governo e o líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, se disseminou por mais de 80 cidades grandes e pequenas e resultou em 25 mortes.

    'Os protestos tentaram Trump a se retirar do acordo nuclear', disse ele, pedindo aos parlamentares para apoiarem seu gabinete e não agravarem o sentimento antigoverno.

    Embora os problemas econômicos sejam graves, Rouhani disse: 'Mais importante do que isso é que muitas pessoas perderam sua fé no futuro da República Islâmica e estão duvidando de seu poder'.

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Parlamento do Irã convoca Rouhani para responder sobre economia em meio a pressão dos EUA

    Parlamento do Irã convoca Rouhani para responder sobre economia em meio a pressão dos EUA

    Por Bozorgmehr Sharafedin

    LONDRES, (Reuters) - Parlamentares iranianos deram ao presidente do país, Hassan Rouhani, um mês para comparecer ao Parlamento e responder perguntas sobre a maneira como seu governo está lidando com as dificuldades econômicas de Teerã, relatou a mídia estatal nesta quarta-feira.

    Essa é a primeira vez que o Parlamento convoca Rouhani, que está sob pressão por parte de adversários para mudar seu gabinete, após a deterioração das relações do país com os Estados Unidos e crescentes dificuldades econômicas de Teerã.

    Parlamentares querem questionar Rouhani sobre assuntos como a queda do rial, que perdeu mais da metade do seu valor desde abril, o fraco crescimento econômico e o aumento do desemprego, de acordo com a agência de notícias Isna.

    Rouhani, um pragmático que reduziu tensões com o Ocidente ao assinar um acordo nuclear em 2015, está enfrentando crescente pressão desde que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, abandonou o tratado em maio e disse que irá impor novamente sanções que tem como objetivo sufocar a economia do Irã, incluindo suas vitais exportações de petróleo.

    Segundo a Isna, parlamentares também querem que Rouhani explique como, mais de dois anos depois de assinar um acordo que reduziu o programa nuclear do Irã em troca da suspensão de sanções internacionais, bancos iranianos ainda têm somente acesso limitado a serviços financeiros globais.

    A convocação de Rouhani acontece em meio a outras demonstrações de insatisfação pública. Diversos protestos têm sido realizados no Irã desde o início do ano contra altos preços, falta de água, energia e a suposta corrupção na República Islâmica.

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. rouhani

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.