Antena 1 - Home
Imagem Miniatura do Artista: ABBA

ABBA

Quando se conheceram em junho de 1966, Benny Andersson tocava teclado no The Hep Stars, um dos grupos suecos mais populares daquela década, e Björn Ulvaneus fazia parte do grupo folk Hootenanny Singers. A empatia foi tanta, que ao fim daquele ano eles já haviam estabelecido uma parceria regular como compositores e talvez por isso Benny tenha deixado o Hep Stars logo depois, enquanto o Hootenanny entrava em estúdio com Stig Anderson (1931-1997), o produtor da Polar Music que cuidou da carreira do ABBA anos mais tarde.

Foi em 1969 que a dupla de compositores encontrou a "outra metade" que compôs o quarteto. A norueguesa Anni-Frid Lyngstad, também conhecida como Frida, imigrou para a Suécia ainda menina e começou a cantar pouco antes de Agnetha Fàltskog, que vinha mantendo uma carreira bem sucedida desde o lançamento de seu primeiro single, em 1967. Ela e Björn casaram-se em junho 1971; Frida e Benny, em outubro de 1978, mas no inà­cio o encontro foi fundamentalmente musical.



Eles colaboraram uns com outros no instrumental de algumas músicas, na produção, e nos vocais de base de trabalhos solo e em dupla, até que a musicalidade das quatro vozes combinadas deu-lhes a idéia de participar do Festfolk de 1970, o que não deu muito certo, mas colocou-os na trilha certa. Em 1972, com o lançamento do single 'People Need Love', eles passaram a serem conhecidos como Björn & Benny, Agnetha & Anni-Frid.

A receptividade do público serviu de incentivo para a inclusão da música 'Ring a Ring' no concurso Eurovision de 1973 e embora tenham ficado em terceiro lugar, o single e o álbum de mesmo nome conquistaram as primeiras posições da parada sueca, além de virar hit em vários paà­ses europeus. Razão pela qual eles voltaram ao concurso no ano seguinte, desta vez indo à  grande final na Inglaterra com a música 'Waterloo'.

Aquele abril foi um marco na história do grupo, que já se apresentava pelo acrônimo ABBA "” a junção da primeira letra de seus nomes. 'Waterloo' não só impressionou o júri internacional, como emplacou todas as paradas européias e ainda entrou no Top 10 dos Estados Unidos.

A música 'SOS' do álbum ABBA deu ao grupo o primeiro lugar da parada britânica por nove vezes seguidas, de 1974 a 1980. 'Mamma Mia' também foi hit, o número um da Austrália, onde foi lançado em agosto de 1975. O mesmo aconteceu nos anos seguintes, somando seis primeiras posições. Em 1976, quando o disco Arrival chegou à s lojas, as músicas 'Money, Money, Money' e 'Knowing Me, Knowing You' já eram hits imbatà­veis. Além disso, as diferentes compilações lançadas na Austrália e na Grã-Bretanha fizeram um sucesso tão estrondoso que ainda continuam constando nos registros de maiores vendagens de álbuns na história destes paà­ses.



O ABBA estava no auge. Todos os shows na Europa e na Austrália tiveram capacidade de público esgotada, de janeiro a março de 1977. Durante a turnê australiana, eles aproveitaram para gravar o filme ABBA - The Movie, que estreou junto com o disco The Album, em dezembro do mesmo ano. E enquanto isso acontecia, as clássicas 'Fernando' e 'Dancing Queen' dominavam todas as paradas mundiais, incluindo a posição mais elevada da Billboard americana. Diante disso, faltava sair em campanha pelos Estados Unidos e foi o que eles fizeram. Lá, o single 'Take a Chance On Me' oscilava entre os três primeiros do ranking e o disco ABBA - The Album percorria as 20 primeiras posições.

Em abril de 1979, o lançamento do sexto álbum foi recebido pelos fãs como um alento. Björn e Agnetha haviam anunciado o divórcio no começo daquele ano e Voulez-Vous pôs fim aos boatos de que o grupo tinha acabado. Para mostrar que vida continua, eles saà­ram em uma grande turnê que passou pelo Canadá, Estados Unidos e Europa. Depois foram ao Japão, onde realizaram os últimos concertos ao vivo. A segunda metade de 1980 foi destinada à s gravações de Super Trouper, o álbum da clássica 'The Winner Takes It All'.

Dois anos depois, Björn e Benny passaram a privilegiar o revival das carreiras-solo de Agnetha e Frida, o único disco lançado pelo grupo foi a coletânea The Singles - The First Ten Years, com duas músicas novas de bônus. Ao final de 1982, eles decidiram parar. No mesmo ano em que os membros do ABBA se separaram, uma produção francesa de um show 'tributo' (um musical de TV infantil chamado Abbacadabra que usou 14 canções do ABBA) gerou um novo interesse na música do grupo. Depois de receber pouca atenção durante meados dos anos 1980, as músicas do ABBA experimentaram um essurgimento no inà­cio de 1990 devido ao grupo-pop do Reino Unido, Erasure, que lançou um disco cover com versões de músicas do ABBA, liderar as paradas no inà­cio de 1992. Tal como o grupo U2 que chegou a Estocolmo para um concerto e em junho, a banda homenageou o ABBA, convidando Björn Ulvaeus e Benny Andersson a se juntar a eles no palco para uma versão de "Dancing Queen", tocando guitarra e teclados. Em setembro de 1992 foi lançado ABBA Gold: Greatest Hits, uma nova coletânea. O single Dancing Queen voltou a ativa nas rádios do Reino Unido no verão de 1992 para promover o álbum Gold. Como resultado, a música voltou ao Top 20 das paradas de sucesso no Reino Unido em agosto desse ano, atingiu a posição de 16º lugar. Com o enorme interesse na compilação Gold, foi lançado More ABBA Gold: More ABBA Hits em 1993.

Em 1994, dois filmes australianos chamaram a atenção da mà­dia mundial, por terem focados as músicas do ABBA: Priscilla, A Rainha do Deserto e O Casamento de Muriel. No mesmo ano, Thank You for the Music, um box com quatro discos e com todos os hits do grupo, foi lançado com o envolvimento de todos os quatro membros. O ABBA logo foi reconhecido e abraçado por outros atos: Evan Dando do The Lemonheads gravou uma versão cover de "Knowing Me, Knowing You", Sinéad O'Connor e Stephen Gately do Boyzone gravaram "Chiquitita", Tanita Tikaram, e Blancmange prestaram homenagem a "The Day Before You Came", Cliff Richard gravou "Lay All Love Your On Me", enquanto Dionne Warwick e Peter Cetera gravaram suas versões de "SOS". O músico Marshall Crenshaw também foi conhecido por gravar uma versão de "Knowing Me, Knowing You", em aparições de concertos, enquanto o lendário compositor pop latino inglês, Richard Daniel Roman reconheceu o ABBA como uma grande influência. O guitarrista sueco de metal Yngwie Malmsteen gravou "Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight)", com letra levemente alterada.
Duas compilações diferentes de canções do ABBA foram liberadas. "ABBA: A Tribute" coincidiu com a celebração do 25º aniversário e contou com 17 canções, algumas das quais foram gravadas especialmente para este lançamento. Um segundo álbum de 12 faixas foi lançado em 1999, intitulado "ABBAMANIA", com rendimentos que vão para a caridade de Jovens Músicos, na Inglaterra.

Na Suécia, o crescente reconhecimento do legado de Andersson e Ulvaeus resultou em 1998 com o B & B Concerts: um concerto de tributo (com cantores suecos que tinham trabalhado com os compositores ao longo dos anos) que apresenta não só os seus anos de ABBA, mas até mesmo hits da década de 1960 e depois do ABBA. O concerto foi um sucesso, lançado em CD, e mais tarde percorreu a Escandinávia e chegou a Pequim na República Popular da China, para dois concertos. Em 2000, o ABBA recusou uma oferta de cerca de um bilhão de dólares EUA para fazer uma turnê composta de 100 concertos.
Em 2004, a semi-final do Festival Eurovisão da Canção, realizado em Istambul, 30 anos após o ABBA ter ganho o concurso em Brighton, todos os quatro membros do ABBA apareceram rapidamente em um và­deo de comédia especial feita para o intervalo, intitulado "Our Last Video Ever". Cada um dos quatro membros do grupo fez uma breve participação especial. O và­deo não foi incluà­do no lançamento do DVD oficial do Festival Eurovisão, mas foi divulgado como um comunicado em um DVD separado, chamado "The Last Video", a pedido dos ex-membros do ABBA.

Premiére do filme Mamma Mia! em 2008 na cidade de Estocolmo. A partir da esquerda: Benny Andersson, Pierce Brosnan, Amanda Seyfried, Meryl Streep, Agnetha Fà¤ltskog, Anni-Frid Lyngstad, Christine Baranski, Colin Firth, Catherine Johnson, Phyllida Lloyd, Judy Craymer, Björn Ulvaeus e Dominic Cooper.

Em 2005, todos os quatro membros do ABBA apareceram na estréia do musical Mamma Mia, em Estocolmo. Em 4 de julho de 2008, todos os quatro membros ABBA foram reunidos na estréia sueca de Mamma Mia! O Filme. Foi apenas a segunda vez que todos eles tinham aparecido juntos em público desde 1986. Ulvaeus afirmou que ele queria que a banda fosse lembrada como eram durante os anos de pico de seu sucesso.

A coletânea ABBA Gold: Greatest Hits, lançada originalmente em 1992, voltou ao número um nas paradas do Reino Unido pela quinta vez em 03 de agosto de 2008. Em 14 de Agosto de 2008, a trilha sonora do filme Mamma Mia! foi número 1 nas paradas do Billboard EUA. Mais recentemente, todos os oito álbuns de estúdio, juntamente com um nono de faixas raras, foram lançados como ABBA The Albums. Ele bate várias paradas, chegando ao 4º lugar na Suécia e entrando no top 10 em vários outros territórios europeus.
Em 2008, a Sony Computer Entertainment da Europa, em colaboração com a Universal Music Group da Suà­ça, lançaram SingStar ABBA para PlayStation 2 e PlayStation 3 como parte dos videogames SingStar. O jogo apresenta 20 canções do ABBA no PS2 e 25 no PS3, a maioria deles, hits número 1.
Em 22 de janeiro de 2009, Agnetha Fà¤ltskog e Anni-Frid Lyngstad apareceram juntas para receber o prêmio de música sueca "Rockbjörnen" e deram uma entrevista no palco. As duas expressaram gratidão pelo prêmio honorário e agradeceram seus fãs.

ABBA foi introduzido no Hit Parade Hall of Fame, em 2010.

DISCOGRAFIA

Imagem em Miniatura do Álbum: Gold: Greatest Hits Gold: Greatest Hits
2014

Imagem em Miniatura do Álbum: Arrival Arrival
2014

Imagem em Miniatura do Álbum: More ABBA Gold: More ABBA Hits More ABBA Gold: More ABBA Hits
2008

CARREGAR MAIS

ARTISTAS

a-ha
ABBA
Adele
Air Supply
Al Jarreau
Alanis Morissette
Alejandro Sanz
Alicia Keys
Alle Farben
Alphaville
  >
  >